Olá pessoal, tudo bem? Aqui é a Sora e hoje vou falar sobre Brazilian Adventure, um jogo de procurar objetos e resolver quebra-cabeças que se passa no Brasil. Ele foi desenvolvido pelo estúdio What Day is it Games, que apesar de não ser brasileiro, criou uma aventura ocorrida totalmente em terras nacionais.

Tudo começa no em 1959, no Aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro. Ao trazer um cliente para o Brasil, um piloto tem problemas com o seu avião. Após conseguir pousar em segurança, o cliente revoltado diz que não vai pagar pelo voo, então sem pagamento e com o avião quebrado, o piloto tenta encontrar uma forma de sair dali.

Tudo ia correndo bem, até que ele cai nas mãos de um mafioso da Rússia em busca de algo do seu interesse no Brasil. Obrigado a levar o mafioso até o Hotel Rodina, na cidade mineira de Tiradentes, o protagonista começa a investigar a história, que é repleta de reviravoltas e envolve a KGB e uma jovem cantora.

Jogabilidade

Logo no início de Brazilian Adventure criamos um perfil, que será basicamente um save que ficará o nosso progresso. Ao começar a aventura, podemos escolher entre os seguintes níveis de dificuldade:

  • Casual – Tem zonas ativas que brilham com mais frequência, o botão de dica recarrega rapidamente e o cursor muda quando o mouse passa por uma zona de interação.
  • Expert – As zonas ativas brilham ocasionalmente, o botão de dica recarrega ocasionalmente e o cursor muda quando o mouse passa por uma zona de interação.
  • Super Hard – Nesse as zonas ativas nunca são indicadas, não há dicas e o cursor não muda quando passa por uma zona de interação.

Brazilian Adventure segue então como um jogo onde temos uma série de objetivos e devemos encontrar itens específicos para resolver quebra-cabeças e cumprir esses objetivos. Nos modos Casual e Expert, os lugares com interações disponíveis são indicados por mudanças no cursor. E quando estivermos em dúvida, podemos usar o botão de dica que nos diz o que devemos fazer em seguida.

O mapa também é um grande aliado, já que ele sempre tem marcado o local que devemos ir. E para economizar tempo, é possível fazer um “fast travel” para lugares que já estivemos antes.

Além dos itens encontrados nos cenários, alguns deles são obtidos em partes de procurar objetos. Quando algum lugar estiver mostrando várias luzes brilhantes, significa que ali há um mini game de procurar objetos.

Nesses mini games é aberta uma tela repleta de itens e embaixo há os nomes dos que você precisa encontrar. Se estiver tendo dificuldades para encontrar algo, você pode contar com a ajuda do simpático papagaio que voa até o local e marca um dos objetos que estão faltando.

Os outros quebra-cabeças variam. Em alguns você precisa apenas usar os itens certos, já em outros é preciso acertar sequências ou montar imagens.

Nos cenários você também encontra os itens de coleção, que não têm utilidade nenhuma para o progresso da história, mas garantem um desafio a mais, além de nos apresentar melhor os protagonistas da história.

Uma trama divertida em Tiradentes

Apesar de não ser um jogo brasileiro e nem estar traduzido para português – ele tem tradução para inglês, francês, alemão e russo – foi muito legal a atenção que deram à ambientação de Brazilian Adventures.

Muitos elementos do cenário, revistas e até mesmo jornais estão em português, e os cenários também parecem ter sido trabalhados para reproduzir uma cidade brasileira dos anos 50. O momento em que mais senti isso foi na parte em que o personagem vai para a cidade de Tiradentes e anda pelas ruas de lá.

A história é contada com animações e diálogos que, para um jogo casual indie, ficaram muito bons.

Recomendo Brazilian Adventures para aqueles que buscam um bom jogo casual, curto e com diversos quebra-cabeças, mas sem um nível de dificuldade elevado. A história, apesar de simples, também ajuda muito no andamento do jogo e nos leva a procurar entender mais os personagens e as suas motivações.

Se interessou pelo jogo? Brazilian Adventures está disponível no Steam por R$ 20,69. O jogo não tem conquistas ou cartas, mas permite salvar na nuvem.