Tetris & Dr. Mario (SNES) – está doente? Jogue Tetris!

por Lucas Rodrigues em 26 de Janeiro de 2018

No ano de 1984, Alexey Pajitnov e Vladimir Pokhilko nos presentearam com um dos melhores jogos criados durante toda a história dos videogames: Tetris. Uma simples interface de blocos caindo verticalmente é capaz de divertir jogadores de todas os idades, gêneros, classes sociais, gostos, além de reunir milhões de pessoas para campeonatos eletrizantes por todo o mundo. Claro que um jogo tão simples não poderia deixar de receber suas centenas de versões, como dos personagens de jogos como Sakura Card Captors, Kirby, Street Fighter e Mario, o rei do Super Nintendo. Dessa vez, o Jogo Véio volta em 1994 para revisitar  Tetris & Dr. Mario para lembrar de todas as vezes que competimos com aquele colega de locadora que se achava o bonzão dos videogames e sempre perdia.

Chamando Doutor Mario

Cada uma das variações de Tetris que circulam pelo mundo dos games possui sua épica característica para promover um personagem, jogo ou estilo novo de se mexer com blocos. No caso de Dr. Mario, lançado em 1990 para o NES e portado para outras plataformas, como o Game Boy e o arcade VS. System, há diferentes vírus espalhados pela tela e o objetivo é eliminá-los.

Ao invés de tetriminos, capsulas de remédio caem pela tela, possuindo duas cores diferentes. Juntando 4 peças da mesma cor nas posições horizontal ou vertical, as cápsulas são eliminadas. Caso o vírus esteja entre as combinações, Dr. Mario deixa o paciente mais próximo de sua cura.

Para jogar, basta escolher o nível da infecção viral, a dificuldade do jogo, a música, apertar Start e começar a realocar pílulas por toda a tela. Para um jogador experiente, 10 minutos bastam para completar a aventura no modo mais difícil. Conferir com os amigos quem consegue fazer a melhor pontuação é o ápice da diversão nesta aventura de 8 bits.

Dr. Mario no SNES

O começo da década de 90 marcava a passagem dos consoles dos 8 para os 16 bits. Mario e sua caça aos vírus malignos não poderia ficar de fora do console que disputava a preferência das crianças da época. Logo, em 1994, Tetris & Dr. Mario foi lançado em 30 de dezembro de 1994 para o SNES, trazendo a mesma aventura de antes com melhorias gráficas e sonoras. Formas foram aperfeiçoadas e até mesmo os vilões do jogo ficaram mais “bonitos” e cheios de pixels ricos em cores.

Para adicionar novidades à aventura, como o próprio nome do jogo já diz, é possível jogar Tetris à moda antiga. O jogador pode escolher entre jogar uma partida de Tetris convencional, divertir-se com Mario e suas pílulas ou até mesmo tentar uma partida mista com um amigo. Na partida mista, o jogador começa jogando Tetris tipo B, depois passa para Dr. Mario e termina a jogatina com Tetris tipo A.

Para aqueles que não sabem, Tetris Type B consiste em eliminar uma certa quantidade de blocos ou linhas. Geralmente esse tipo de jogo já começa com uma interface cheia de blocos na tela.

Tetris Type A é o modo de jogo convencional, onde o objetivo é apenas marcar mais pontos e o jogo só termina quando você ultrapassa o limite da tela.

Um dos únicos defeitos de Tetris & Dr. Mario é a falta de uma bateria para salvar as melhores pontuações. Não importa quantos milhares de pontos você faça, o placar sempre será zerado após o desligamento do console.

Diagnóstico: aprovado!

Para os apaixonados por puzzles, não há como enjoar de uma compilação como essa. Após uma partida de Tetris, caso o jogador queira algo diferente, basta pular para Dr. Mario. Enjoando deste, poderá voltar para o jogo original novamente e repetir o ciclo quantas vezes for necessário. A diversão é garantida para todos os membros da família, desde os mais jovens até aqueles cheios de cabelos brancos.

Infelizmente, a licença da Nintendo para produzir jogos da série Tetris expirou logo após o lançamento de Tetris DS, em 2006, inviabilizando o plano de carreira de Dr. Mario. Parece que ambas empresas estão seguindo seus caminhos sem a outra.

Atualmente, no Nintendo Switch, é possível jogar Puyo Puyo Tetris, que foi desenvolvido pela Sega. Será que veremos a volta do doutor baixinho de bigode algum dia no mundo dos games? Enquanto isso fica apenas em nossos desejos, uma bela partida no imortal Super Nintendo é a melhor opção para matar a saudade do nosso médico favorito.

Vídeo

Tetris & Dr. Mario (SNES) – Gameplay (Fonte: SNESguide1)


Leia mais sobre: , , ,