Dragon Ball GT Final Bout (PS1) – é mais de 8000 em nostalgia

Lucas Rodrigues / 18 de abril de 2017 / Análises, PS1

Há não tanto tempo assim nessa galáxia mesmo (mais especificamente neste mesmo planeta e neste mesmo país), reza a lenda que acordar cedo e ligar a TV proporcionava uma infância repleta de felicidade, que se transformara em nostalgia agora que somos véios. Desenhos como Caverna do Dragão, Sakura Card Captor e Dragon Ball recheavam nossa programação matinal com uma excepcional eficiência. Infelizmente, como em todo desenho que se preza, eis que o vilão aparece para estragar o dia. Na nossa história, a vilã veio direto do Jornal Nacional e, depois da sua aparição, os desenhos foram praticamente banidos da telinha. Hoje habitam apenas os nossos corações. Contudo, antes de desaparecer, os guerreiros sayajins nos deixaram um importante disco para que seu legado nunca seja esquecido. Trata-se de Dragon Ball GT Final Bout, que por anos juntou a galera na casa daquele carinha que tinha um PlayStation, rendendo muita diversão e brigas (como em todo jogo de porrada) entre amigos.

Embarque conosco nesta aventura em busca das esferas do dragão, ou melhor, de hematomas nos olhos dos oponentes.

Não se trata apenas de Dragon Ball GT

Se você possui pouca influência sobre esta saga de Dragon Ball, pode jogar sem problemas. Sendo uma verdadeira compilação nostálgica, este game traz heróis e vilões de diversas sagas, como Freeza, Cell e Kid Buu, todos em suas formas perfeitas, além do Gohan adolescente, Vegeta em sua melhor forma durante a saga Z e Vegito, proveniente da fusão entre Goku e Vegeta através dos brincos Potara.

Mas, como sugere o próprio nome do jogo, os guerreiros GT não poderiam deixar de compor grande parte do elenco da pancadaria. Goku, Trunks, Pam e outros guerreiros completam o time, alguns deles com várias formas e tamanhos diferentes.

Conheça os personagens (como se você já não os conhecesse)

Confira abaixo a mistura de personagens que Dragon Ball GT Final Bout traz para você:

Guerreiros iniciais:

  • Goku adulto (DBGT) – o guerreiro mais conhecido e aclamado de todas as sagas do Dragon Ball. Sua história foi acompanhada desde pequeno, quando buscava pelas Esferas do Dragão na companhia de Bulma, até se tornar um não tão responsável adulto e virar riança novamente.
  • Pam (DBGT) – filha de Gohan e Videl, a neta de Goku não dispensa uma pancadaria. Menina doce e recatada é o caramba; mexeu com ela, é porrada na certa.
  • Goku criança (DBGT) – após um pequeno mal entendido entre Pam e Goku, Shen-Long o transforma em criança. Mas com Goku não há tempo ruim. É nessa fase que ele aproveita para salvar o mundo novamente.
  • Trunks (DBGT) – filho de Bulma e Vegeta, o guerreiro sayajin de cabelos azuis torna-se um dos personagens mais importantes para a saga, ganhando também um lugar de destaque no jogo.
  • Vegeta SSJ2 (DBZ) – sendo um dos anti-heróis mais admirados entre os guerreiros Z, o eterno rival de Kakaroto só queria provar que era mais forte, mas acabou conquistando um espaço cada vez mais importante no coração desta enorme família.
  • Gohan (DBZ) – apontado como um dos guerreiros mais promissores após derrotar Cell, Gohan ganha grande destaque na adolescência, chegando em sua melhor forma após ser treinado pelo Grande Kaioshin ancião. Infelizmente, esperava-se muito deste guerreiro contra Majin Buu, mas ele apenas tomou uma surra daquelas e acabou aposentando sua vida de guerreiro.
  • Cell (DBZ) – odiado por muitos, este vilão veio à Terra após a mudança de eventos acarretada pela intervenção temporal de Trunks. Agora, está preso eternamente na tela de seleção de personagens de Final Bout.
  • Kid Buu (DBZ) – considerado um dos guerreiros mais poderosos de todos os tempos, foi morto apenas com a Genki Dama que todos nós ajudamos a criar, mas ainda está presente neste game.
  • Frieza (DBZ) – também chamado de Freeza ou Freezer, este “frio” inimigo dos sayajins mostrará em combate que um bom vilão eterniza-se através de bons jogos.
  • Piccolo (DBZ) – o último filho de Piccolo Daimaoh, que supostamente vingaria a morte de seu pai pelas mãos de Goku, certamente não contava que estaria do lado oposto da mesa em tão pouco tempo. O primeiro mestre de Gohan com certeza tem um vasto repertório de movimentos que podem ser bem explorados em combate.

Guerreiros que podem ser habilitados jogando no modo de batalha:

  • Goku SSJ1 (DBZ) – o grande protagonista de toda a franquia Dragon Ball, este foi o lendário guerreiro sayajin que derrotou Frieza e Buu.
  • Goku SSJ1 (DBGT) – alguns anos mais velho que o anterior, e em plena forma, este sayajin mostrará que, mesmo não sendo o mais forte do universo, é o que mais se supera.
  • Trunks do futuro SSJ1 (DBZ) – um viajante do futuro que distorceu toda a realidade para não viver em um mundo caótico, agora se encontra preso em um jogo de luta.
  • Vegito SSJ1 (DBZ) – um guerreiro que teve seu potencial pouco explorado na telinha, mas mostrará um equilíbrio incrível entre agilidade e força no PlayStation.
  • Goku SSJ1 criança (DBGT) – o mais bonitinho de todos, mas também pode ser o mais perigoso. Tamanho não é documento!
  • Trunks SSJ1 (DBGT) – pela terceira vez neste mesmo jogo, é um guerreiro essencial para a história de Dragon Ball GT (e um dos mais descolados para se jogar).

Guerreiros que podem ser habilitados através de códigos:

  • Goku SSJ4 (DBGT) – o guerreiro mais poderoso de todo o jogo para a maior parte dos gamers. Evite jogar com ele várias vezes seguidas contra seus amigos, pois é muita apelação!

Guerreiros que aparecem no jogo, mas não podem ser habilitados:

  • Golden Great Ape Baby Vegeta (DBGT) – um dos maiores (literalmente, em tamanho e força) vilões já enfrentados por Goku e seus amigos, o chefe deste game lhe dará algum trabalho, pois seus movimentos possuem um alcance assustador. Entretanto, com todo este tamanho, também se torna um alvo fácil.

Usando Ki – e estuprando o controle

Além de contar com os bons e véios socos, chutes, voadoras e combos, Dragon Ball GT Final Bout possui outra particularidade: o uso do famoso Ki. Apertando triângulo, o personagem arremessa uma pequena bola de energia contra seu oponente. Combinando o uso do Ki com sequências no direcional, é possível usar famosos poderes, como o Kamehameha, Big Bang Attack, Masenkou, Makankousappou, entre outros (obviamente, cada ataque pertence a um determinado personagem; não espere um Death Ball do Vegeta).

A curta distância, o uso das habilidades citadas significa pouco dano e boas chances de esquiva. A longa distância, o bicho pega. A não ser que seu oponente erre a combinação de botões ou esteja muito distraído (o que é impossível contra alguns ataques que demoram uma eternidade para serem executados, como o Kamehameha de Cell), ele irá revidar, iniciando uma épica disputa. Durante alguns segundos, aquele que apertar triângulo mais lentamente perderá e tomará uma grande bola de energia no meio da cara. Nessas horas, vale tudo: mudar o controle de posição para ficar mais confortável, meditar por alguns segundos para buscar toda a sua força interior e até mesmo pedir forças para Kami-Sama, só não vale usar controle turbo ou cutucar o amigo para distraí-lo.

Torneio de artes marciais

O nome é familiar?

Pois é! Desde pequeno, Goku e seus amigos competem no torneio de artes marciais para saber quem é o homem (ou mulher ou bicho) mais forte do planeta. Alguns dos mais renomados nomes de todos os tempos, como Jackie Chun, Tenshinhan, Goku e Mr. Satan foram campeões deste torneio. Agora, chegou a sua vez de levar o seu guerreiro favorito ao o topo do pódio.

Neste modo, você escolherá até 8 personagens diferentes para lutar. As lutas são estilo mata-mata; ou seja, perdeu, fora (passe o controle e torne-se expectador). Este é o melhor modo para chamar os amigos e passar a tarde toda se divertindo, principalmente se for em alguma locadora por perto (caso ainda exista alguma na sua vizinhança).

Chame a garotada, compre refrigerante e salgadinho de isopor e desça a lenha em seus amigos.

Whey Protein do Dragão

Além dos modos já listados, é possível jogar no modo Build-Up, que funciona como uma academia sayajin. Você lutará contra vários guerreiros em vários níveis diferentes, tornando-se mais resistente e evoluindo com o tempo. Obviamente, seu personagem não ganhará massa muscular, mas com uma dose de imaginação você poderá fingir que é o Leo Stronda de Satan City.

Uma das maiores vantagens de se fazer um guerreiro monstrão (como em Altered Beast) é usá-lo contra seus amigos no torneio de artes marciais. Infelizmente, você não poderá usá-lo nos outros modos do jogo.

Verdades: Jogue com Goku SSJ4

Sabe aquele amigo mentiroso que sempre falava que conseguiu jogar com tal personagem? Se ele disse que jogou com Goku Super Sayajin nível 4, ele provavelmente não estava mentindo.

Em Dragon Ball GT Final Bout, caso você jogue no nível mais difícil e não perca nenhuma de suas lutas, você poderá jogar contra Goku em sua forma mais perfeita (até a época, claro).

Sabe o que acontecerá se você ganhar? NADA!

Exatamente o que você leu. Não acontece nada relevante após derrotá-lo, a não ser o fim do jogo.

Então como jogar com Goku SSJ4?

Confira a seção de dicas deste artigo e você descobrirá.

Mitos: Jogue com Gogeta e Great Ape Baby

Caso seu amigo mentiroso disser que é possível jogar com Gogeta após zerar o jogo vinte vezes seguidas no modo Hard, desta vez, ele realmente estará mentindo.

O mesmo vale para o Golden Great Ape Baby Vegeta, que só aparece no jogo como chefe. Mesmo se você viu no blog joguefinalboutcombabyvegeta.com que após colocar os dois pés atrás da cabeça e virar cinco cambalhotas em volta do controle em sentido anti-horário, saiba que é mentira. Não há como jogar com este personagem (pelo menos no jogo original).

Caso seu amigo língua grande o desafie a conseguir habilitar o macaco, mande-o plantar bananas.

Dragon Ball GT Final Bout – apurando os resultados

Pode não ser o melhor game de luta de todos os tempos. Pode não ter os melhores movimentos e combos. Pode ter batalhas longas e cansativas, por não ter um limite de tempo. Pode deixar aquele gostinho de que os gráficos poderiam ser melhores. Pode-se apontar tantos outros defeitos ao se falar de Dragon Ball GT Final Bout. A única coisa inaceitável é dizer que este não é um jogo extremamente divertido e que pode fazer a alegria da veiarada viciada em jogos antigos.

Muito mais do que um jogo de luta com os personagens de um dos animes mais queridos de todo o mundo (e quem sabe até do universo), este jogo traz doces lembranças da época em que acordávamos cedo para ver Goku salvar o mundo novamente. Quem nunca quis ser um sayajin que atire a primeira pedra.

Este game fez parte de sua infância? Deixe um comentário sobre suas experiências com ele. Garanto que muita gente se identificará.

Vídeo

Dragon Ball GT Final Bout – Gameplay (Fonte: Davi_X5)

Confira também a abertura do Dragon Ball GT em português para relembrar os velhos tempos:

Fonte: Mateus Caregnatto

Dicas

Habilitando todos os personagens:

Na tela inicial faça repetidamente direita, esquerda, baixo, cima no direcional até ouvir um som para habilitar todos os guerreiros sayajins disponíveis no modo de batalha.

Após o primeiro código, aperte 5x triângulo e 9x X para habilitar Goku SSJ4.

Pronto. Agora você e seus amigos podem jogar com todos os personagens disponíveis sem antes precisar zerar o jogo para habilitá-los.

Compartilhe com a galera:

FacebookTwitterGoogle+

Leia mais sobre: , , , ,


Leia a Revista Jogo Véio

Revista Jogo Véio - Gratuita, pra ler no PC, no Tablet e no Smartphone

Junte-se ao Asilo