Kirby’s Dream Land (Game Boy) – recomendado por gamers e nutricionistas

Lucas Rodrigues / 24 de Abril de 2017 / Análises, Game Boy

Negar-se a comer frutas e legumes é algo comum para toda criança. Quando pequenos, criamos hábitos de repulsão a tais tipos de alimentos e ouvimos nossas mães dizerem-nos que devemos comer de tudo. Pode-se dizer que nosso amigo rosa foi submetido a uma overdose de Biotônico Fontoura e levou essa história muito a sério. Em Kirby’s Dream Land, tudo o que aparece na sua frente é comestível e pode ser municiado contra seus inimigos.

A primeira aventura deste ícone dos videogames foi lançada em 1992 e contava com a diversão como principal aliada. Com gráficos infantis em preto e branco para o limitado hardware do Game Boy, este jogo não trazia altos níveis de dificuldade, podendo ser facilmente zerado por uma criança em aproximadamente meia hora. Contudo, a imersão em um mundo fantasioso habitado por adoráveis criaturas e uma trilha sonora cativante fazem com que o jogador não queira desligar o console.

Confira a seguir algumas curiosidades e características deste sublime jogo que não pode faltar no repertório de um bom e véio fã de Game Boy.

Origem

Tido como um dos melhores super heróis de todos os tempos, Kirby hoje está presente em dezenas de jogos e consoles espalhados por todo o mundo e é conhecido por várias gerações. Suas aparições abrangem desde os jogos de plataforma de 8 bits até jogos de corrida, puzzle, pinball e até luta, como em Super Smash Bros.

Criado por Masahiro Sakurai em 1992, Kirby era apenas um simples personagem circular para ser usado em testes no jogo Kirby’s Dreamland até que seu design fosse totalmente completo. Seu primeiro nome era Popopo. Após algum tempo, percebeu-se que o desenho simples da “bolinha” que estava sendo utilizada para testes era perfeito para o jogo e Sakurai decidiu manter Popopo como personagem definitivo do jogo. Finalmente, “Kirby” foi escolhido em uma lista de potenciais nomes para o personagem.

Uma briga para decidir sua cor também foi iniciada. Sakurai queria que ele fosse rosa. Shigeru Miyamoto queria que Kirby fosse amarelo. A cor rosa acabou predominando com o tempo e hoje é uma das principais características dessa adorável criatura esférica.

Curiosidade: o nome Kirby foi supostamente escolhido por uma “semelhança” entre o personagem do jogo em desenvolvimento e o advogado americano da Nintendo John Kirby. Basicamente, falar que alguém se parece com este personagem dos videogames seria dizer que a pessoa é redonda, rosa e come tudo o que vê pela frente?

Uma aventura em busca de… comida?

Toda a trama começa quando o Rei Dedede resolve roubar toda a comida contida em Dream Land para realizar um grande banquete. Sem ter como se alimentar, a uma redonda criaturinha fofa e gentil com traços heróicos decide partir em uma perigosa cruzada para recuperar o rango.

Durante o caminho, sua fome falará mais alto e toda a fofura deste adorável personagem desaparecerá. Qualquer um em seu caminho entrará rapidamente para o cardápio. Basta que Kirby abra a boca perto do inimigo e este será estocado em suas bochechas, assim como Yoshi faz com os Koopas. Incrivelmente, Kirby pode engolir inimigos maiores que ele mesmo. O lanchinho pode ser devolvido para o ambiente em forma de munição ou engolido definitivamente, não fazendo mal algum para a saúde da bolinha rosa e fornecendo-lhe os nutrientes essenciais para a constante queima de calorias que a aventura exige.

O rei da metamorfose (mas não aqui)

Embora Kirby seja mundialmente conhecido pelas suas habilidades metamórficas, não foi em Kirby’s Dream Land que tudo começou. Com o tremendo sucesso deste carismático personagem, vários outros consoles foram ganhando versões de suas aventuras e novas características apareceram. A capacidade de utilizar poderes dos inimigos devorados apareceu em Kirby’s Adventure (SNES), lançado em 1993, onde o monstrinho é capaz de soltar fogo, paralisar, congelar, fatiar (com espada), e fazer dezenas de outras coisas com o inimigo. Foi apenas em 1996 com o lançamento de Kirby Super Star que nosso amigo pôde assumir dezenas de personalidades diferentes – mas isso é assunto para outro dia.

Em Kirby’s Dream Land, além de comer seus inimigos, há apenas dois outros meios de derrotá-los, que necessitarão dos seguintes itens:

  • Mint Leaves – folhas de menta que farão o inimigo “arder” de dor, melhoram as habilidades aéreas de Kirby. Ele poderá atirar infinitas bolhas de ar rapidamente e mais longe por um tempo limitado;
  • Spicy Curry – um prato de curry bem quente, fará com que Kirby atire bolas de fogo contra seus inimigos também por tempo limitado.

Fases

Kirby’s Dream Land é um jogo extremamente curto – possui apenas 5 fases em estilo plataforma. O objetivo é basicamente atravessar toda a fase e derrotar o chefe de cada uma, passando por um subchefe para render um pouco mais de emoção ao game. As fases são as seguintes:

Green Greens 

Uma área cheia de verde (tons monocromáticos neste caso), com grama alta e florestas.

  • Subchefe: Poppy Bros
  • Chefe: Whispy Woods

Castelo Lololo 

Sem novidade alguma a partir do nome, este é um castelo mal-assombrado que pertence a Lololo e Lalala, personagens da série baseados em Lolo e Lala do jogo Eggerland Mystery do MSX.

  • Subchefe: Lololo
  • Chefe: Lololo & Lalala.

Float Islands 

Um conjunto de ilhas tropicais que incluem um navio pirata e ilhas tropicais, onde nosso amigo poderá tomar um pouco de água de coco (se Dedede não tiver roubado todos).

  • Subchefe: nenhum
  • Chefe: Kaboola

Bubbly Clouds 

Uma fase que te levará para explorar o céu, bem acima das nuvens.

  • Subchefe: Kracko Jr
  • Chefe: Kracko

Mt. Dedede 

Esta fase leva o jogador a explorar o interior do castelo do rei Dedede. Como em Megaman X4, você precisará derrotar novamente todos os chefes anteriores antes de proceder para o confronto final.

  • Subchefe: todos chefes os anteriores (isso não inclui subchefes)
  • Chefe: King Dedede

Mais desafios

Achou que a aventura é muito fácil para um gamer experiente como você?

Então segure direcional para cima, select e A por alguns instantes na tela inicial. Este segredo habilitará um modo mais difícil para que você teste sua destreza, contando até com inimigos que não aparecem no modo convencional.

Mesmo com esta opção de dificuldade extra no jogo, você perceberá que concluir a aventura não requer muito esforço. Como dito anteriormente, este é um jogo aparentemente infantil onde o objetivo principal é se divertir, e não tornar-se um gamer experiente.

Legado

Tornando-se um dos jogos mais vendidos de todos os tempos para o bom e velho Game Boy, Kirby passou a conquistar um espaço cada vez maior no coração dos gamers de todos os cantos do mundo e hoje é um dos principais símbolos da Nintendo ao lado de Mario e Zelda.

Além de ter ganhado sua própria série de jogos e participar de outras, este personagem também pode ser encontrado em forma de anime. Intitulado Hoshi no Kaabii no Japão, o anime chegou à América do Norte com o nome “Kirby: Right Back At Ya!” e teve mais de 100 episódios. Infelizmente, a era dos desenhos animados na TV acabou e este anime provavelmente poderá ser assistido apenas em páginas específicas na internet.

Nosso amigo rosa também ganhou algum destaque no papel. Dezenas de mangás e quadrinhos foram publicados no Japão trazendo suas aventuras. Nenhum deles chegou às Américas.

A insubstituível simplicidade dos anos 90

Kirby’s Dream Land é um ótimo exemplo de como algo pode ser extremamente simples e genial ao mesmo tempo. Basta desenhar um círculo, dois arcos como braços, dois pés relativamente grandes e um rosto feliz para criar um pequeno herói que transformou a vida de gerações.

Na década de 90 não precisávamos de coisas extravagantes para alcançarmos a felicidade. Convivíamos diariamente com gráficos pixelizados, limitações cromáticas, toques monofônicos e aventuras side-scrolling pensando que isso era o máximo. Éramos extremamente felizes, afinal, somos apaixonados por jogos antigos.

Este clásico do Game Boy fez parte de sua vida? Deixe nos comentários como a sua relação com Kirby foi.

Vídeo

Kirby’s Dream Land – Gameplay (Fonte: World of Longplays)

Dicas

Menu de Configuração:

Para acessar o menu de configuração, segure direcional para baixo, select e B por alguns instantes na tela inicial. Você poderá mudar duas configurações do sistema: a quantidade de vidas que terá ao iniciar o jogo e sua vida. Um sound test também estará disponível, onde você poderá curtir as músicas estilo 8 bits do jogo.

Dança:

Pause o jogo e espere. Kirby arriscará alguns passos de dança insanos.

Compartilhe com a galera:

FacebookTwitterGoogle+

Leia mais sobre: , , , , ,


Leia a Revista Jogo Véio

Revista Jogo Véio - Gratuita, pra ler no PC, no Tablet e no Smartphone

Junte-se ao Asilo