Magical Pop’n (Super Famicom) – a aventura da carismática princesa sem nome

Lucas Rodrigues / 16 de agosto de 2017 / Made in Japan, SNES

Jogar algumas pérolas japonesas às vezes remete-nos ao seguinte pensamento: por que esta maravilha nunca chegou à América? Com certeza esse é o caso de Magical Pop’n para o Super Famicom. Um jogo com gráficos tão lindos, física perfeita, muita diversão e um nível de dificuldade para véio nenhum botar defeito ter ficado apenas no Japão é um tremendo desperdício, pois este jogo – na humilde opinião do Véio – com certeza merece estar entre os melhores títulos para tão cobiçado console de 16 bits da Nintendo dos anos 90.

Conheça nesta rápida análise um pouco sobre a princesa infame do SNES.

Um pouco de mago e muito de herói

Já ouviu essa frase antes?

Se você, caro leitor, lembrou-se de Fly e seu avô que tentava lhe ensinar magia a todo custo, entendeu a referência com eficácia. Dragon Quest nos proporcionou momentos de muita emoção na infância, seja assistindo TV ou jogando o clássico RPG da finada Enix. A divertida história do garoto que carrega em seu sangue os genes de poderosos feiticeiros, mas que prefere utilizar a espada para fazer justiça é capaz de fazer muito marmanjo chorar de emoção.

O que isso tem a ver com Magical Pop’n? Bom, a protagonista da série é muito parecida com Fly. O jogo não nos informa qual é seu nome verdadeiro, mas sabemos que a personagem é uma princesa com poderes mágicos, mas que gosta mesmo é de descer a porrada nos inimigos com sua espada.

A animação inicial de Magical Pop’n mostra a princesa como uma jovem indisciplinada nos estudos de magia, pois seu reino vive tempos de paz e não há ameaças iminentes que lhe façam despertar seu lado guerreiro.

Entretanto, esse cenário muda repentinamente e obriga a jovem a tomar uma atitude drástica para chutar o traseiro de alguns vilões.

Análise técnica

Para quem é fã dos jogos de 16 bits, não há sequer um defeito a ser apontado em Magical Pop’n. A física do jogo é perfeita, os comandos extremamente responsivos, gráficos impecáveis e trilha sonora excitante. Este jogo de plataforma 2D traz todos os elementos que um gamer dos anos 90 procura em uma aventura.

Fazendo uma análise mais detalhada, é possível ver como os designers foram caprichosos com os sprites do jogo, tornando todas as animações ricas em detalhes e deixando a movimentação da personagem o mais natural possível. Pode-se atacar em várias direções, algo que não se encontra facilmente em jogos da época, além de utilizar várias habilidades e movimentos especiais. Os gráficos são extremamente simples, mas ricos em detalhes e cores (quem conhece DoReMi Fantasy encontrará semelhanças gráficas incríveis).

Para aqueles que gostam de desafios, Magical Pop’n é repleto de puzzles. Você terá que passar por 6 fases repletas de caminhos alternativos e descobrir uma forma de encontrar novas habilidades mágicas a fim de avançar no jogo. Além disso, não se deixe enganar pelas aparências. Por mais que pareça fácil à primeira vista, este é um jogo que testará a sua destreza ao limite com um nível de dificuldade crescente. O Véio subestimou a aventura da princesa guerreira e não conseguiu zerá-la da primeira vez, deixando o jogo na sua lista dos próximos a serem finalizados.

Magical Pop’n é mais um daqueles títulos que pensamos que foi lançado para crianças, mas são os adultos que levam para casa para se divertirem.

Tributo a Ai Iijima

Se você é apaixonado pela arte oriental, também notará o quanto a voz da personagem principal é apaixonante. Infelizmente, a atriz por trás da dublagem de Magical Pop’n não possui uma história com final feliz, mas vale a pena prestar uma pequena homenagem ao seu trabalho.

Ai Iijima foi uma garota que passou por terríveis problemas psicológicos desde pequena por ter sido abusada sexualmente. Resolveu fugir de casa e tentar uma vida nova. Infelizmente, para uma jovem garota abandonada no mundo sem qualquer qualificação profissional, o caminho da prostituição é quase uma certeza em sua vida. Ai ficou famosa no Japão por ter participado de dezenas de filmes adultos e, posteriormente, ganhou uma vaga no mundo do entretenimento televisivo.

Se você teve um Sega Saturn, talvez a conheça através do jogo Good Island Cafe. Contudo, já sabemos, você vai dizer que nunca jogou, né? Véio safado!

Após ter muitos problemas de saúde, a atriz se aposentou em 2007 e acabou falecendo no ano seguinte, aos 36 anos. A causa da sua morte foi dada como pneumonia, mas Ai sofria com várias outras doenças, como infecção do trato urinário e febre do feno.

Mesmo que sua curta vida tenha sido extremamente sofrida e nada agradável, sempre poderemos lembrar de Ai Iijima com a pureza da doce personagem de Magical Pop’n que carrega sua voz eternamente pelos consoles da Nintendo.

Conclusão

Então, veiarada, fica aí mais uma dica de jogo para você que busca aquele gostinho de nostalgia mas quer conhecer novos títulos. É possível achar o cartucho à venda em sites populares de compra e venda no Brasil, ou até mesmo emular o jogo, mas tenha em mente que será aquele “piratinha” traduzido por fãs. Oficialmente, Magical Pop’n nunca foi traduzido ou recebeu uma versão americana.

Se você é fã de uma bela aventura 2D como Wonder Boy, corra para jogar esta obra de arte. A diversão é garantida.

Vídeo

Compartilhe com a galera:

FacebookTwitterGoogle+

Leia mais sobre: , , , , ,


Leia a Revista Jogo Véio

Revista Jogo Véio - Gratuita, pra ler no PC, no Tablet e no Smartphone

Junte-se ao Asilo