Revistas de Videogame favoritas do Véio

Eidy Tasaka / 4 de janeiro de 2017 / Top 10

Jogar videogame hoje em dia se tornou uma tarefa relativamente fácil, e isso ninguém pode refutar. Além de os jogos serem mais fáceis, qualquer informação que não esteja bem diante do seu nariz pode ser localizada em segundos, com uma rápida pesquisa na internet.

Contudo, se você é da geração dos anos 1980 e 90, você certamente viveu uma era onde os jogos eram feitos para arrancar os cabelos, e pra ter alguma chance, só mesmo consultando as revistas de videogame da época!

Aproveitando o gancho do lançamento da Revista Jogo Véio Nº 1 (Já leu? Se não leu, a hora é essa), decidi listar aqui as dez revistas que mais me marcaram, e que são as jóias raras da minha humilde coleção!

10. Gamers Nº 33

gamers-33-jogoveio

Essa edição é muito marcante e merece abrir a lista, já que só de olhar a capa eu me lembro de um momento muito especial da minha infância, quando as vacas estavam bem mais magras que de costume. Tempos difíceis pelos quais todos nós passamos!

Mas mesmo sem poder comprar os jogos mais novos, eu nunca deixei de estar por dentro do que saía nos Estados Unidos e Japão, pagando “módicos” R$2,90 por um calhamaço de texto.

Não fosse o bastante, a capa da revista ainda tinha a Leona, de The King of Fighters.

9. Nintendo World Especial Nº 2

nintendo-world-especial-2-jogoveio

Pokémon, Pokémon e mais Pokémon! A segunda edição especial da revista Nintendo World reuniu matérias que já haviam sido publicadas sobre a febre do momento. E eu provavelmente já tinha todas elas devidamente guardadas e catalogadas!

O problema é que a pokémania foi tão forte, que eu não resisti e acabei comprando essa aqui também! Tenho um carinho muito especial, já que me remete a um período bem legal da infância.

8. Ação Games Especial MK3

acao-games-especial-mk3-jogoveio

A minha Ação Games Especial de Mortal Kombat 3 infelizmente tem a capa presa com fita durex, após mais de duas décadas de manuseios constantes. Era o dia inteiro com a revista debaixo do braço, até pra ir ao banheiro!

Mortal Kombat 3 pode não ser o meu jogo de luta favorito, mas é com certeza um dos que eu mais joguei em toda a minha vida. A ponto de ainda saber de cabeça os truques dos menus secretos da versão de Mega Drive: A, C, Cima, B, Cima, B, A, Baixo…!

7. Ação Games Nº 35

acao-games-35-jogoveio

Visualmente, talvez a Ação Games seja a revista de videogame mais icônica que consigo me lembrar. Tudo era muito explosivo, com balões pontudos em praticamente todas as páginas.

Essa edição é bastante especial, pois além de tratar do segundo aniversário da revista, tinha uma ilustra fantástica do Bubsy na capa, e um review de Street Fighter 4 para Nintendinho (um pirata sem vergonha, como a própria publicação apontava).

6. Nintendo World Nº 13

nintendo-world-13-jogoveio

Essa edição de aniversário da Nintendo World deveria ser considerada um crime. Até hoje, sempre que eu vejo uma dessas dando sopa na internet, acabo comprando. Dessa forma, eu tenho umas cinco ou seis dela aqui em casa, e não me canso de ficar olhando aquele guia (já ultrapassado) de golpes de Pokémon, fora o review de Pokémon Snap.

Uma das minhas capas favoritas de todos os tempos!

5. Progames Nº 1

progames-1-jogoveio

A revista Progames entra nessa lista porque tinha uma proposta um pouquinho diferente das demais. Afinal, ela surgiu pra ser um veículo de divulgação da rede de locadoras Progames, cujo dono era o Ivan Battesini, atual sócio e co-editor da Revista WarpZone.

Logo nas primeiras páginas da revista, havia uma seção dedicada aos lojistas donos de locadoras de videogame, com dicas de layout e arrumação da loja.

As revistas da época eram todas 100% voltadas para o jovem jogador, então ter esse olhar para o outro lado do balcão foi uma sacada interessante. Além disso, tinha os quadrinhos do Capitão Ninja!

4. Ação Games Nº 2

acao-games-2-jogoveio

Aqui, até que poderia entrar a edição número 1 também, não fosse pelo fato de que eu… nunca tive a primeira revista!

A Ação Games começou a ser publicada regularmente em meados de 1991, quando eu ainda era muito novo para comprar minhas próprias revistas. Então, por algum motivo, meu pai ignorou a primeira e eu só fui apresentado ao universo mágico das revistas de videogame a partir da número 2, com YO!Noid e Double Dragon na capa. Então, fica aqui o registro e a minha homenagem.

3. Super GamePower Nº 1

supergamepower-1-jogoveio

Impossível deixar a primeira edição da SGP de fora da lista! Aliás, entender que duas das minhas revistas favoritas (Supergame e GamePower) haviam se fundido em uma só publicação, já era de explodir a mente!

O melhor conteúdo, o maior número de páginas, com material da GamePro e um preço competitivo. Virou minha revista favorita na época!

2. Videogame Especial Nº 8A

videogame-8a-jogoveio

Eu tenho um carinho muito especial por essa revista, já que se trata de um master detonado de Super Mario Bros. 3, um dos meus jogos favoritos!

Destaque para as montagens dos mapas e das fases, que naquela época eram feitos de maneira quase artesanal, sem nenhum artifício de Photoshop ou editores do gênero.

Quem quer que tenha diagramado aquela revista, pode ser considerado um verdadeiro herói!

1. Gamers Book Nº 1 – Final Fantasy VII

gamers-book-1-jogoveio

Se os videogames antigos constituíssem uma religião, essa aqui provavelmente seria a Bíblia. Um baita detonado, de cabo a rabo, do capítulo mais famoso da série Final Fantasy.

Eu chego a suar sangue, só de imaginar o Eric Araki jogando e montando esse guia super detalhado, com absolutamente tudo o que Final Fantasy VII pode oferecer.

É um item obrigatório na coleção de qualquer colecionador de revistas de videogame, e sem dúvidas merece estar no topo da minha lista de favoritas!


E aí, curtiu o meu Top 10? Deixe aí nos comentários o seu Top 10 também!

Compartilhe com a galera:

FacebookTwitterGoogle+

Leia mais sobre: , , , , , , , ,


Leia a Revista Jogo Véio

Revista Jogo Véio - Gratuita, pra ler no PC, no Tablet e no Smartphone

Junte-se ao Asilo