Um site que fala muito sobre saudade

Eidy Tasaka / 4 de Abril de 2017 / Crônicas

Passado um ano desde o lançamento do Jogo Véio, percebemos que os nossos textos de maior sucesso foram os reviews de Donkey Kong Country 2, Chrono Trigger e Golden Axe, dentre tantos outros jogos clássicos que nós recordamos aqui na página.

Em uma discussão interna do nosso time, concluímos que os textos que abordam jogos muito conhecidos tendem a fazer mais sucesso com os leitores. Fiquei me perguntando se o contrário não poderia ter acontecido: o leitor vê um jogo que ele não conhece a fundo, se sente atraído por ele e lê o texto. Mas isso não parece funcionar tão bem quando estamos falando de jogos antigos…

“Chega de Saudade”

A verdade é que você provavelmente chegou até aqui porque teve alguma experiência prévia com algum dos jogos que nós abordamos aqui no site ou na fanpage. Histórias de locadora, de fliperama, da infância ou da adolescência, jogando por horas e horas naquele Super Nintendo com o fio da antena bem descascado. A gente te entende!

Nós também sentimos saudades daquele tempo gostoso em que as nossas maiores preocupações giravam em torno de zerar algum jogo, ou não perder o episódio de YuYu Hakusho do dia. O diabo do desenho começava pontualmente às 18h30, e nesse horário eu ainda estava no caminho de casa. Fiz meu pai correr bastante por aí, pra não perder as lutas do Torneio das Trevas!

E os episódios de Caverna do Dragão, que nós nunca soubemos do final? Foi o nosso primeiro contato com o mundo mágico de Dungeons and Dragons, para depois conhecer melhor o mundo dos RPGs de papel.

Street Fighter Victory, Fly – O Pequeno Guerreiro, Guerreiras Mágicas de Rayearth, as manhãs de sábado vendo desenhos no SBT! Um tempo muito gostoso e despreocupado, do qual nós sentimos muitas saudades. E eu aposto que você também sente um leve desconforto, um aperto no peito, uma vontade louca de suspirar…

Bota pra fora!

Esse é o nosso papel, nossa razão de existir. O Jogo Véio é e sempre será o seu cantinho na internet pra falar de jogos antigos! Mas, lá no fundo, a verdade é que nós vivemos de poeira, nostalgia e saudade. E nós estamos te convidando pra vivenciar tudo isso aqui com a gente.

Queremos ser a sua válvula de escape da correria e da monotonia dos dias. Além de trazer alguma informação, sugerir bons jogos ou evocar memórias boas da sua infância.

As crianças de hoje não brincam mais na rua, e nem sabem o que era a vida antes da chegada da internet no Brasil. Esse sonzinho aqui, ó:

Se você se lembra de tudo isso e passou por essa época, então você é dos nossos, um véio! E nós nos comprometemos em honrar as suas lembranças da melhor forma possível, seja através dos nossos textos aqui no site, nas redes sociais ou nos nossos vídeos. E nós queremos lançar logo um podcast, um livro, um canal de televisão… dominar o mundo, saca?

Um passinho de cada vez, o Jogo Véio vai se firmando e se tornando mais agudo, mais preciso. Falamos de jogos antigos com propriedade, mas também queremos falar de outras memórias bacanas que tivemos das décadas de 1970, 80 e 90. De vez em quando, pode ser que você encontre aqui no site um texto sobre Trapalhões, sobre Cavaleiros do Zodíaco ou sobre o famoso Aquaplay. Mas não se assuste, pois será sempre com aquela qualidade e aquele carinho que você já conhece.

Nós entendemos que os nossos leitores vêm até aqui porque querem se lembrar das coisas, então nada mais justo que estreitar o caminho, não é verdade? No fim das contas, o jogo pode até ser véio, mas a cabeça ainda é bastante jovem e afiada, prontinha pra entregar material da melhor qualidade para o nosso véio leitor.

Vai sacodindo a poeira e senta aí que está vindo a história: o Jogo Véio vai mexer com o seu coração. Ah, se vai…

Compartilhe com a galera:

FacebookTwitterGoogle+

Leia mais sobre: , , , ,


Leia a Revista Jogo Véio

Revista Jogo Véio - Gratuita, pra ler no PC, no Tablet e no Smartphone

Junte-se ao Asilo